Consciência corporal: o que é e como ela influencia nosso dia a dia

Em um mundo cada vez mais mental e racional, onde os pensamentos dominam e pouco se fala sobre o corpo, são poucas as pessoas que têm conhecimento do que é consciência corporal. Na realidade, grande parte delas apenas olha para o corpo nos momentos de dor ou doença ou quando não estão satisfeitas com a estética.

Se alguma coisa está errada com o corpo, sinais de alerta são enviados por meio de estímulos presentes nas terminações nervosas para que o indivíduo preste mais atenção e tome mais conhecimento sobre como sua estrutura física funciona.

Por isso, quanto mais atenta a pessoa está para sua consciência corporal, maiores serão seus níveis de energia, saúde e qualidade de vida. Curioso para entender mais sobre esse conceito e sua importância no seu dia a dia? Então continue a leitura! 

O que é consciência corporal? 

Consciência corporal é a capacidade que a pessoa desenvolve de autoconhecer seu corpo, como ele funciona, suas limitações e suas condições físicas. É também reconhecer os sinais que o corpo emite, tendo compreensão da maneira que pode realizar os movimentos para evitar dores e lesões. 

Quando a estrutura física é agredida por um longo período e de forma repetitiva, ela reage enviando sinais de que algo não está bem, como dores, irregularidades, doenças e cansaço extremo. Saber interpretar esses sinais, e, melhor do que isso, trabalhar para que eles não ocorram, é ter pleno conhecimento do próprio corpo.

Portanto, ter consciência corporal significa ter o corpo como meio de comunicação com o meio e consigo mesmo.

Quais seus efeitos no dia a dia? 

Como mencionado, a consciência corporal ajuda a reconhecer e identificar os processos e movimentos corporais, tanto internos como externos. Logo, ela auxilia na correção dos erros cometidos no dia a dia e na melhora das habilidades e condições físicas do indivíduo.

Isso porque, muitas doenças surgem pelo fato do corpo frequentemente ter que aguentar mais força, ritmo e peso do que é capaz. Ao conhecer os limites do corpo, você evita doenças e expande sua capacidade de autoconhecimento, entendendo como realizar cada movimento sem danos e sem desperdício de energia. 

Quais exercícios auxiliam na consciência corporal?

Se engana quem pensa que atingir a consciência corporal é algo distante e difícil de ser alcançado. Na verdade, todos os movimentos do seu dia a dia podem ser observados para alcançar esse propósito. 

Por exemplo, a maneira como você senta durante horas no trabalho ou a postura que exerce durante a maior parte do dia, podem servir como exercício para avaliar os incômodos que surgem no corpo. 

Além disso, você pode praticar atividades que favoreçam o conhecimento adequado do corpo e da imagem corporal, como a ginástica holística. Mas, tenha em mente que até mesmo exercícios simples, como a musculação, podem servir de instrumento para ampliar sua observação sob o corpo. 

Um dos mais importantes passos do processo é prestar atenção na respiração, ou seja, no movimento dos músculos durante a inspiração e expiração. Assim como respirar profundamente pode ajudar a relaxar e acalmar, a alta frequência respiratória pode indicar momentos de estresse e ansiedade. Observar esses pontos traz mais compreensão para o que acontece no corpo. 

A concentração também é parte importante, já que se manter no momento presente é fundamental para desenvolver a consciência corporal. Sempre que possível, todo e qualquer movimento deve ser executado com o máximo de atenção. 

A consciência corporal é aprimorada aos poucos, com cada escolha do dia a dia. É preciso saber que ela é também uma escolha de vida, que pode fazer toda a diferença para um futuro mais saudável e duradouro. Lembre-se que todo movimento, postura e ação podem ser observados para que você conheça amplamente o seu corpo e as suas limitações físicas. 

E você, o que anda fazendo para manter seu corpo em movimento? Compartilhe suas experiências nos comentários!