Dor nas costas na gravidez? 5 cuidados especiais para futuras mães

A gestação é um momento, sem dúvidas, extremamente especial. No entanto, em meio a tantos sentimentos bons que caracterizam esse momento, há um fator que costuma reduzir a qualidade de vida das futuras mamães: a famosa dor nas costas na gravidez.

Embora seja considerado comum sentir dor nessa região em algum período da gestação, existem algumas estratégias para aliviar o desconforto e tornar a rotina mais leve e feliz, como deve ser. Que tal descobrir quais são?

Entenda por que a coluna dói durante a gestação

Durante a gestação, o corpo da mulher sofre diversas modificações, que levam ao surgimento não só da dor nas costas, mas também de outros incômodos. No caso da coluna, por exemplo, uma das causas é frouxidão dos ligamentos musculares — inclusive da coluna e da bacia — provocada por alguns hormônios.

Para além desse fator, há também o crescimento do útero e do próprio feto, aspectos que acabam aumentando o peso da mulher. Isso, aliado à alteração da postura, desequilibra o corpo, que perde também o tônus abdominal devido à distensão causada por todas essas alterações. Geralmente, a dor nas costas costuma aparecer nos últimos meses da gravidez, sendo comum uma piora até o nascimento.

Conheça os principais tipos de dor

Embora intitulada simplesmente como “dor nas costas”, a verdade é que existem diferentes tipos. A boa notícia é que nenhum afeta a saúde do bebê.

Ciática

É uma dor causada por inflamação ou pressão que atinge a base das costas e não tem relação com a pressão causada pelo bebê. Em alguns casos, o mau funcionamento do nervo provoca sensação de formigamento ou fraqueza, sendo que a dor pode se espalhar pela parte de trás da perna.

Pélvica

Considerada o tipo de dor mais comum na gravidez, ela é consequência da gestação e, por isso, deve ser tratada de forma diferente. Isto é, se o tratamento for semelhante ao indicado para as dores “tradicionais”, há o risco de agravamento da dor no plexo pélvico.

Causada por contrações

Embora incomuns, há casos em que as contrações de um trabalho de parto prematuro se apresentam como dor nas costas. Por isso, fique atenta para essa questão a partir do segundo ou terceiro trimestre.

Saiba como cuidar da coluna e garantir mais conforto

Felizmente, há muitas práticas que podem auxiliar a mulher ao longo da gestação a fim de reduzir o desconforto causado pelas dores lombares. Conheça quais são:

1. Busque apoio fisioterápico

O tratamento fisioterápico para gestantes é composto por exercícios respiratórios para relaxamento, exercícios de flexibilidade, de alongamento, de correção postural e muitos outros. Além de diminuir a incidência de dores lombares, a fisioterapia também oferece outros benefícios, como a redução de câimbras e inchaço.

2. Faça alongamentos

Simples de serem feitos, os alongamentos devem ser realizados no início e no fim do dia. O objetivo é descomprimir a coluna, aliviando as dores.

3. Invista nas massagens

Geralmente, isso ajuda a reduzir a dor e a pressão nos músculos. Podem ser feitas utilizando óleo de amêndoas, por um fisioterapeuta e até mesmo pelo seu parceiro.

4. Faça compressas de água quente

O calor reduz a sensação de dor por conta do relaxamento da musculatura. Para além das compressas, desfrute também dos benefícios de um banho morno, permitindo que a água (sempre morna) caia em cima do local da dor.

5. Use travesseiros

Experimente dormir na lateral e com um travesseiro embaixo da barriga. Uma alternativa pode ser colocar um travesseiro no meio das pernas.

A dor nas costas na gravidez costuma afetar a rotina de muitas mulheres, além de reduzir consideravelmente a qualidade de vida. Como vimos, tal condição é considerada parte da gestação, visto que a maioria das gestantes lidam com ela em algum momento. No entanto, com essas dicas as futuras mamães poderão ter mais segurança, saúde e conforto enquanto esperam o novo membro da família!

E você, gostou das dicas? Sente muita dor nas costas? Quer melhorar sua qualidade de vida? Que tal testar nosso aplicativo?