Dor nas mãos: quais são as causas e como prevenir esse incômodo?

Uma dor nas mãos, por mais leve que seja, pode ser suficiente para limitar alguns movimentos e impedir a execução de determinadas tarefas. Só quando isso acontece é que damos a importância devida à nossa mão e vemos o quanto ela é necessária no dia a dia. Nessa hora, percebemos que, sem ela, não fazemos praticamente nada.

Pensando nisso, separamos alguns cuidados ideais para a saúde das mãos para prevenir dores, incômodos e, até mesmo, problemas mais sérios. Se você sofre com isso, anote as dicas e comece a praticar hoje mesmo. Podemos começar? 

Quais são as principais causas de dores nas mãos?

São diversas as causas para uma dor nas mãos. Ela pode surgir em razão de problemas reumatológicos, lesões nos nervos ou fraturas. A mão humana é composta por três partes:

  • falange;

  • carpo;

  • metacarpo.

A dor pode se originar nos ossos, músculos ou articulações dessa estrutura.  

Pessoas que utilizam muito as mãos em suas tarefas de trabalho ou, até mesmo, pelo uso constante de celulares, tendem a aumentar as chances de problemas. Porém, a boa notícia é que a maior parte dos casos pode ser revertida com tratamentos adequados. Confira abaixo as causas mais comuns.

Artrite 

A artrite acontece devido a uma inflamação nas articulações e juntas. A chamada osteoartrite (artrose) é uma doença degenerativa e afeta, principalmente, os idosos. A inflamação geralmente atinge a região próxima às pontas dos dedos, nas articulações ou na base do polegar.

Já a artrite reumatoide é uma doença autoimune, que predominantemente afeta mulheres entre 40 e 50. Condições genéticas e tabagismo podem ser as principais causas do problema. 

Tendinite 

Quem usa as mãos para movimentos repetitivos em suas tarefas diárias provavelmente já sentiu algum desconforto nos tendões e dedos. Essa inflamação se chama tendinite e é muito comum em diversos profissionais como:

  • pintores;

  • cabeleireiros;

  • pessoas que digitam muito, por exemplo.

Seus sintomas podem causar inchaço, formigamento, ardências e dores.  

Tenossinovite estenosante

Popularmente chamada de “dedo em gatilho”, essa é uma inflamação muito comum nos tendões e pode causar paralisia, o que impede o indivíduo de dobrar ou esticar o dedo afetado.

Além dela, outro problema que atinge o tendão é a síndrome de DeQuervain. Sua dor vai do pulso ao polegar e pode causar inchaço na região. 

Cistos ganglionares 

São protuberâncias benignas que se desenvolvem ao longo dos tendões ou articulações e ficam visíveis na pele. Os cistos podem ser macios e cheio de fluidos. Se estiverem próximos a algum nervo, podem causar incômodos e dores nas mãos.

Muitas vezes, desaparecem com o tempo, porém o recomendado é aplicar alguns exercícios localizados para evitar que cresçam.

Quais as melhores formas de prevenção? 

A melhor forma de prevenir as dores nas mãos é incluindo algumas práticas no seu dia a dia. O intuito é fortalecer os tendões e músculos para evitar lesões. Confira algumas dicas abaixo: 

  • dê uma folga de cinco minutos para sua mão a cada hora; 

  • se o nível de dor for critico, é interessante inserir a mão em água morna por aproximadamente 5 minutos duas vezes ao dia e, lá dentro, mexa os dedos; 

  • procure por exercícios específicos para os dedos e mãos; 

  • alongue os dedos, sempre que possível; 

  • chacoalhe as mãos para relaxar; 

  • massageie as mãos e dedos; 

  • movimente os pulsos e cotovelos.

Você pode cuidar da saúde da sua mão por conta própria, mas sabemos que, em uma rotina corrida, nem sempre é possível lembrar de exercitar e praticar os conselhos.

Por isso, se você apresenta uma dor nas mãos, independentemente do nível, busque ajuda de uma especialista para detectar os sintomas e indicar o melhor tratamento. Não espere evoluir para um problema mais sério. 

Gostou das dicas? Compartilhe agora mesmo em suas redes sociais e ajude mais gente a cuidar da saúde das mãos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *