Alongamento de pernas: confira a importância e saiba como fazer

Nossos membros inferiores trabalham muito. Carregam nosso peso, o impacto das pisadas e auxiliam na postura. Ficam apertados e desconfortáveis algumas vezes por conta de uma roupa, acessório ou sapato. Portanto, é preciso cuidar deles.

Você sabia que o alongamento para pernas pode ajudar a melhorar a sua qualidade de vida, prevenir e tratar diversos problemas?

Para descobrir a importância de se alongar e conferir dicas de posturas e movimentos não deixe de ler o post que preparamos para você!

A importância do alongamento para pernas

Há quem pense no alongamento para pernas apenas quando vai à academia ou pratica exercícios físicos. Mas a verdade é que nossos membros inferiores são fundamentais para a nossa rotina. Afinal, o simples fato de andar até o escritório ou sentar e levantar exige dos nossos membros inferiores.

Por isso, alongar é de extrema importância. Alongamentos previnem desgastes musculares, reduzem a tensão, relaxam, melhoram a circulação e o equilíbrio do corpo. Além disso, ao incorporar essa prática à sua rotina, você garante mais flexibilidade e diminui as chances de uma lesão, seja no início ou no final da jornada.

A prática da ginástica holística pode ser uma ótima forma de trabalhar o corpo e a mente com técnicas suaves para alongar, relaxar e fortalecer a musculatura.

Alongamento como tratamento e prevenção

A maioria de nós já sofreu pelo menos uma vez com cãibras. Quando menos se espera, surge uma onda intensa de dor provocada pela contração involuntária dos músculos. Você sabia que o alongamento para pernas e pés pode ajudar a preveni-las?

Quem trabalha muito tempo em pé ou sentado também pode aproveitar esses exercícios para evitar dores e descansar. Estabeleça algumas pausas na rotina para alongar e evite problemas como varizes e tromboses.

Em um estudo divulgado recentemente, a habilidade de tocar os pés mostra a flexibilidade dos músculos da panturrilha e das artérias coronárias. Isso é importante pois são elas as responsáveis pela chegada de oxigênio e nutrientes ao músculo. Quanto mais alongadas, maior a capacidade. Ainda não há comprovação no que diz respeito às doenças do coração, mas é fato que atividades físicas regulares ajudam na prevenção.

Dicas de alongamentos

Agora que você já entendeu a importância e algumas das muitas aplicações do alongamento para pernas e pés, é chegada a hora de colocar os conhecimentos em prática!

  • Deitado de barriga para cima, uma perna esticada, a outra dobrada.  Braços ao lado do corpo, com palma das mãos para cima. Na inspiração, levar dedos do pé da perna esticada para frente, como se acelerasse um carro. Na expiração, puxar os dedos para a canela, alongando a musculatura atrás da perna. Repetir 10 vezes. Esticar a outra perna, observar o corpo e fazer do outro lado.
  • Em pé com pés paralelos. Dobrar um joelho levando o calcanhar na direção do bumbum. Segurar o pé com a mão do mesmo lado mantendo os joelhos próximos e, se possível, no mesmo alinhamento. Manter o abdome contraído, não permitindo que a coluna lombar aumente sua curva. Manter por 30 segundos. Fazer 3 vezes. Repetir do outro lado.
  • Em pé, pés paralelos. Apoiar um antepé sobre o tijolinho ou uma lista telefônica mantendo o calcanhar apoiado no chão e alinhado com o dedão. Dar um passo a frente com o outro pé, do tamanho que o alongamento da perna no tijolinho permitir. Manter o joelho da frente um pouco dobrado, e o corpo alinhado num bom eixo. Contar 30 segundos e repetir mais 2 vezes. Sentir os apoios dos pés no chão. Fazer na outra perna. Repetir o mesmo procedimento dobrando um pouco os dois joelhos ao mesmo tempo. Nesta posição alonga-se mais o tendão de Aquiles.

Agora, aproveite seus novos conhecimentos e inclua o alongamento para pernas na sua rotina para aproveitar todos os benefícios!

Quer dicas e conteúdo para melhorar sua qualidade de vida em casa e no trabalho? Baixe agora FisioClub no seu celular e aproveite!